ANÁLISE DE NÍVEL DE EFICIÊNCIA DOS PORTOS BRASILEIROS

Luciano Ricardo Menegazzo, Arlei Luiz Fachinello

Resumo


O Governo Federal tem realizado ações de retomada do planejamento para o setor portuário nacional por meio da realização de estudos e da elaboração de um novo arcabouço legislativo, institucionalizando o processo de planejamento contínuo ao setor. Este trabalho busca auxiliar o planejamento do setor ao elaborar e analisar a projeção de eficiência dos principais complexos portuários brasileiros até o ano de 2025, identificando oportunidades de planejamento. A metodologia utilizada é a Análise Envoltória de Dados (DEA). Os dados utilizados como insumos e produto são derivados dos Planos Mestres dos portos. Os resultados indicam a ampliação da eficiência média dos portos, enfatizando-se o impacto positivo do número de atracações e o impacto negativo na capacidade ociosa. Junto a isso, observou-se uma redução no número de portos com capacidade insuficiente, indicando que a distribuição de cargas entre os portos deverá ser otimizada.


Palavras-chave


Eficiência dos portos; Planejamento; DEA

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v40i3.42419

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | BASECite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | OAJI | Open Air | Periódicos CAPES | REDIBROAD | Sherpa Romeo | Socol@r | Sumários | World Wide Science