Desigualdades Regionais de Renda e as Variações nos Determinantes do Crescimento Econômico entre os Estados Brasileiros – no Período de 1995 a 2004

Melquisedeque Tavares Oliveira, Adriano Nascimento da Paixão

Resumo


Resumo: O objetivo deste trabalho foi descrever e analisar as diferenças regionais nos determinantes da renda, indicados pelo modelo de Mankiw, Romer e Weil (1992), e contrapô-las com as disparidades de renda per capita que existem entre as regiões brasileiras. A investigação econométrica realizada neste estudo está baseada em modelos de regressão com dados em painel, referentes ao período 1995-2004. Foram consideradas todas as unidades federativas brasileiras, e os dados secundários foram obtidos no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA. Uma das conclusões obtidas é que existem no Brasil consideráveis variações regionais tanto nos efeitos quanto nas dotações das variáveis consideradas determinantes da renda per capita de longo prazo. Esses dois tipos de variações reforçam, de forma conjunta, as desvantagens das regiões mais pobres (Norte e Nordeste), o que leva a concluir que existem grandes diferenças nas condições estruturais das economias dos estados e macrorregiões do país.


Palavras-chave


Modelos de Crescimento Econômico; Determinantes do Crescimento Econômico; Desigualdades Regionais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v41i1.37052

Direitos autorais 2017 Revista de Economia

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | Cite Factor | Diadorim | Dimensions | EZB | Genamics | Google Scholar | Journal 4-free | Latindex | LivRe | Open Air | Periódicos CAPES | ROAD | Socol@r | Sumários | World Wide Science