Adoção e difusão de novas tecnologias nas firmas: breves considerações a partir do enfoque neo-schumpeteriano

Fábio Batista Mota, Hamilton de Moura Ferreira Júnior

Resumo


O presente artigo tem por objetivo discutir, brevemente, alguns dosaspectos teóricos, especialmente de corte neo-schumpeteriano, acerca da adoçãoe difusão de novas tecnologias nas firmas. Primeiramente, apresentam-se o que seconsiderou, aqui, as características fundamentais do enfoque neo-schumpeterianoda firma – as noções de concorrência, desequilíbrio, incerteza e dinâmica –, quetêm servido de norte para boa parte das investigações acerca da atividade inovativanas firmas. Em seguida, são apresentados alguns dos aspectos teóricos acerca daadoção e difusão de novas tecnologias. Tal discussão, mais geral, é complementadacom outros estudos, de natureza empírica, sobre adoção e difusão de tecnologias de informação e comunicações em firmas de tamanho menor.

Palavras-chave


Enfoque neo-schumpeteriano; Adoção e difusão de novas tecnologias; Tecnologias de informação e comunicações

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v36i3.14921

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | Cite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | Open Air | Periódicos CAPES | ROAD | Socol@r | Sumários | World Wide Science