Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Editada pelo Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná desde 1960, a Revista de Economia é o segundo periódico brasileiro mais antigo da área de economia em atividade. Caracterizada pela pluralidade teórico-metodológica, a Revista de Economia tem por missão publicar artigos de natureza teórica, histórica e empírica, buscando disseminar conhecimento científico por meio da divulgação de trabalhos inéditos e que se encontrem na fronteira da pesquisa das diversas áreas da ciência econômica.

 

Políticas de Seção

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos são, primeiramente, examinados pela equipe editorial, que analisa seu enquadramento no escopo, no padrão e nas normas de publicação da revista. Caso não satisfaça tais condições, o manuscrito pode ser previamente rejeitado nesta fase. Observados tais requisitos, o artigo é encaminhado, de forma anônima, a pareceristas externos especializados no respectivo tema do artigo, cujas avaliações cegas (double blind peer review) são disponibilizadas aos autores ao final do processo. A decisão final cabe à equipe editorial.

 

Periodicidade

Quadrimestral

 

Política de Acesso Livre

Com vistas à democratização do acesso ao conhecimento científico, a Revista de Economia: (1) não cobra nenhuma taxa ou encargo financeiro referente ao processo de submissão, avaliação, edição e publicação; (2) oferece acesso livre e imediato a todo seu conteúdo; (3) adota a licença Creative Commons (CC BY).

 

 

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre bibliotecas participantes e permite às bibliotecas criar arquivos permanentes da revista para preservação e restauração. Leia mais...

 

Código de ética e boas práticas de publicação

Em conformidade com as diretrizes estabelecidas pelo COPE (Committee on Publication Ethics), que buscam regulamentar o código de ética de publicações científicas, a Revista de Economia adota os seguintes procedimentos em sua política editorial, segundo os quais cabe aos:

Autores: observar as Diretrizes para autores a fim de satisfazer todas as condições impostas para que a submissão do manuscrito possa ser avaliada por pares com vistas à publicação na revista. Artigos que violem o referido código de ética das publicações científicas, tais como plágio, fraude, submissões duplicadas, manuscritos já publicados, falsificação de informações, fabricação de resultados, autoria indevida ou fantasma, dentre outros, serão sumariamente rejeitados.

Editores: analisar o enquadramento do trabalho no escopo, no padrão, no código de ética e nas normas de publicação da revista. Caso não satisfaça tais condições, o manuscrito pode ser previamente rejeitado nesta fase. Observados tais requisitos, deve-se encaminhá-lo a pareceristas anônimos especializados no respectivo tema do artigo, cujas avaliações são disponibilizadas aos autores ao final do processo. Por fim, garantir o anonimato de autores e avaliadores, tratando todos os manuscritos submetidos como documentos confidenciais.

Avaliadores: observar eventuais conflitos de interesse caso se reconheça a autoria do trabalho em avaliação, o qual não deverá ser compartilhado ou debatido com terceiros. Além disso, deve-se analisar o artigo à luz dos critérios contidos no questionário de avaliação, cujas respostas balizarão a decisão editorial a ser emitida pelo avaliador. Por fim, também cabe ao avaliador identificar a possibilidade de infração do referido código de ética, tais quais as condutas acima arroladas.

Resolução de conflitos de interesses e violação do código de ética
Quando da submissão do artigo, os autores reconhecem explicitamente não possuir quaisquer conflitos de interesse de ordem pessoal, comercial, acadêmica ou financeira. Eventuais violações do código de ética devem ser enviadas ao editor-chefe, que as encaminhará ao comitê editorial e, se necessário, ao Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Caso haja necessidade, a revista se compromete a publicar correções, esclarecimentos, retratações e pedidos de desculpas.