SÍNDROME DE REITER E SUAS MANIFESTAÇÕES NA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR, UM RELATO DE CASO.

Helena Laskawski KLEMBA, Arthur Santos do CARMO, Priscila Brenner SYDNEY, Aguinaldo Coelho de FARIAS

Resumo


A síndrome de Reiter (SR) é uma artrite reativa, asséptica, inflamatória, desenvolvida secundariamente por uma infecção extra-articular primária, mais tipicamente do trato gastrointestinal ou sistema urogenital que acomete preferencialmente indivíduos adultos do sexo masculino; as principais alterações inflamatórias são: articulares, mucocutâneas e oculares. O objetivo deste trabalho é relatar a conduta clínica do especialista em Disfunção Temporomandibular (DTM) e Dor Orofacial adotada para o tratamento de uma paciente de 21 anos com SR encaminhada por médico Reumatologista. A paciente apresentava dor grave na articulação temporomandibuar (ATM) direita, limitação de abertura e da função mandibular. O tratamento com dispositivo inter-oclusal e exercícios mandibulares pelo período de 4 meses foi eficaz na remissão total da dor e recuperação da função mandibular. Concluiu-se que essas modalidades de tratamento para DTM são eficientes no controle da dor articular provocada pela SR.


Palavras-chave


Doença de Reiter; Artrite reativa; Articulação Temporomandibular; Transtornos da ATM

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rd.v19i2.24375