Open Journal Systems

PERCEPÇÃO DA COMUNIDADE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ EM RELAÇÃO ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Carlos Roberto Sanquetta, Milena Pereira Kozlowski

Resumo


O assunto das mudanças climáticas é amplamente discutido atualmente, mostrando a importância do mesmo. As Universidades são vistas como geradoras de conhecimento e de profissionais que farão parte do mercado de trabalho a curto, médio e longo prazo. Portanto, é imprescindível que se realize um diagnóstico do conhecimento da comunidade acadêmica quanto às mudanças climáticas, o qual foi objeto do presente estudo. Para isto, criou-se um formulário contendo perguntas fechadas a respeito da percepção de risco, de urgência e de responsabilidade quanto às mudanças climáticas. Trata-se de uma amostra não-probabilística e intencional, pois o público-alvo era de pessoas diretamente ligadas à Universidade Federal do Paraná (UFPR). Em geral, a comunidade acadêmica da UFPR possui um conhecimento considerado intermediário das mudanças climáticas e reconhece a importância do assunto. As principais fontes de conhecimento utilizadas são a internet, a televisão e a própria Universidade, demonstrando a importância das mídias sociais na formação de conhecimento técnico e crítico. A maioria da amostra acredita que as atividades humanas influenciam o clima terrestre e que uma das principais atividades que podem agravar a situação é o desmatamento. Além disso, a principal responsabilidade com relação à tomada de decisão e ação com relação às mudanças climáticas foi direcionada a órgãos públicos, instituições privadas e órgãos internacionais. A amostra demonstra compreender os principais conceitos, causas e consequências ligados às mudanças climáticas. Com os resultados obtidos, pode-se fazer uma melhor curadoria de assuntos a serem tratados em uma possível campanha de conscientização.


Palavras-chave


Adaptação; Alterações Climáticas; Clima; Mitigação; Universidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v7i1.82663

Apontamentos

  • Não há apontamentos.