SILVICULTURA DE Acacia mearnsii NO SUL DO BRASIL: BIOMASSA E NUTRIENTES

Grasiele Dick, Mauro Valdir Schumacher

Resumo


A silvicultura de Acacia mearnsii é uma importante atividade econômica no Rio Grande do Sul e a colheita da biomassa deve visar sempre a sustentabilidade nutricional do sítio. O objetivo deste trabalho é caracterizar o estoque de nutrientes contido na biomassa e a exportação em função de diferentes intensidades de colheita de uma plantação de Acacia mearnsii, na região central do Rio Grande do Sul, Brasil. Nove árvores foram fracionadas em folhas, galhos, casca da madeira e madeira do tronco, de onde foram determinados os pesos secos e teores de nutrientes. A produção total de biomassa é de 174,67 Mg ha-1, onde 72,8% corresponde à madeira do tronco e 12,5% à casca da madeira. Houve maior acúmulo dos nutrientes N, K, Ca e Fe e, o sistema de colheita onde há retirada da casca da madeira e madeira do tronco, preconizado na acacicultura, remove mais de 50% das quantidades de nutrientes acumuladas na biomassa, o que torna indispensável a manutenção dos resíduos (folhas e galhos) sobre o solo.


Palavras-chave


Acácia-negra; Nutrição florestal; Manejo de resíduos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v4i2.64879

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico (e-ISSN): 2525-9725

SJIF 2016 (Scientific Journal Impact Factor): 3.973

Indexado em (Indexed on): 

     

                    

         

  

    

   

      

Biblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - BibliothekSJIFactor


Todos os conteúdos desta revista estão licenciados sob uma Licença Internacional Creative Commons 4.0 (CC BY 4.0)

All the contents of this journal is licensed under a Creative Commons 4.0 Internacional License (CC BY 4.0)


Flag Counter