COEFICIENTES DOWNGRADE PARA SORTIMENTOS DE TORAS DE PINUS

Edson Luis Serpe, Afonso Figueiredo Filho, Julio Eduardo Arce

Resumo


A determinação de volumes comerciais por sortimento é de grande importância para a valorização dos ativos florestais. O objetivo deste estudo foi determinar coeficiente downgrade para sortimentos de toras de pinus e analisar como estes coeficientes podem contribuir para a maior assertividade do volume total e por sortimentos em florestas. Foram utilizadas 100 árvores-amostra, selecionadas proporcionalmente de acordo com a distribuição de frequência por classe diamétrica do censo florestal. A colheita florestal foi realizada de forma mecanizada, utilizando o sistema de árvores inteiras (Full tree). Os coeficientes downgrade foram estimados utilizando-se o percentual do volume estimado por sortimento, e o percentual do volume por sortimento real, sendo definidos os coeficientes de downgrade para sortimentos, com a divisão entre o volume real e volume estimado. Os efeitos econômicos das perdas por downgrade de sortimentos foram avaliados e apresentaram perdas na receita bruta de 5,41%, reduzindo em R$ 1.300,95.ha-1.


Palavras-chave


Colheita florestal, Desperdícios; Perdas; Qualidade; Reclassificação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v1i1.58056

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek, CIARD RING, AGRISPortal de Periódicos da Capes, Diadorim