CRESCIMENTO DE ÁREA FOLIAR E ÍNDICE DE ÁREA FOLIAR DE MUDAS DE Cordia americana EM DIFERENTES FORMAS DE MANEJO

Jonathan William Trautenmüller, Juliane Borella, Myrcia Minatti, Sergio Costa Júnior, Antônio Pedro Fragoso Woycikievicz, Rafaelo Balbinot, Kauana Engel

Resumo


A área foliar apresenta estreita relação com a interceptação da energia solar. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar a área foliar e o índice de área foliar em mudas de Cordia americana quando submetidas as diferentes condições de cultivo, de volumes de recipientes (90 e 170 cm³) e de densidade de cultivos (50 e 100% de ocupação da bandeja). O delineamento foi de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 2 x 2, com cinco repetições e 10 plantas avaliadas em cada unidade amostral. Foram realizadas cinco avaliações com intervalos de 20 dias, iniciadas a partir dos 60 dias após a emergência, em que os parâmetros biofísicos avaliados foram à área foliar e o índice de área foliar. Com os resultados, verificou-se que apenas o volume de tubete influencia a área foliar, sendo de 177,3 cm² para o tubete de 170 cm³ cultivado em densidade de 100%. O índice de área foliar foi influenciado pelo volume do tubete e pela densidade de plantas, em que o maior valor foi de 5,76 para o tubete de 90 cm³ em cultivo com 100% de densidade. O manejo com adensamento de 100% influenciou positivamente o crescimento da área e do índice de área foliar.


Palavras-chave


Guajuvira; Manejo de plantas; Volume de recipiente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v2i2.55508

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek, CIARD RING, AGRISPortal de Periódicos da Capes, Diadorim