ESTIMATIVA E ANÁLISE DE ÍNDICES DE IRREGULARIDADES DA IONOSFERA UTILIZANDO DADOS GPS DE REDES ATIVAS

VINÍCIUS AMADEU STUANI PEREIRA, PAULO DE OLIVEIRA CAMARGO

Abstract


As observáveis GNSS (Global Navigation Satellite System) são afetadas por erros
sistemáticos devido aos elétrons livres presentes na ionosfera. O erro associado à
ionosfera depende do Conteúdo Total de Elétrons (TEC – Total Electron Content),
que é influenciado por diversas variáveis: ciclo solar, época do ano, hora local,
localização geográfica e atividade geomagnética. Os receptores GPS (Global
Positioning System), GLONASS (Global Orbiting Navigation Satellite System) e
Galileo de dupla frequência permitem calcular o erro que afeta as observáveis
GNSS e o TEC. Com a taxa de variação do TEC (ROT – Rate of TEC) pode-se
determinar índices que indicam irregularidades da ionosfera, permitindo assim fazer
inferências sobre o comportamento da mesma. Atualmente é possível realizar
estudos dessa natureza no Brasil, devido às diversas Redes Ativas disponíveis, tais
como a RBMC/RIBaC (Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo/Rede INCRA
de Bases Comunitárias) e a Rede GNSS Ativa do Estado de São Paulo. A pesquisa
proposta visou à estimativa e análise de índices de irregularidades da ionosfera,
além de suprir as geociências de informações sobre o comportamento da ionosfera.


Keywords


Ionosfera; Índices de Irregularidades da Ionosfera; GNSS; ROT; Redes ativas.



Copyright (c)