DETERMINADOS COM FUNÇÕES COVARIÂNCIAS PLANAS E ESFÉRICAS (Estudo de Caso: Estado de São Paulo e adjacências)

SÉRGIO FLORÊNCIO DE SOUZA, NELSI CÔGO DE SÁ

Resumo


A colocação por mínimos quadrados é uma técnica matemática de aproximação usada em Geodésia, entre outras aplicações, para a representação do campo de gravidade anômalo da Terra a partir de dados heterogêneos em tipo e precisão. O uso dessa técnica envolve as características estatísticas dos dados através de funções covariâncias. As covariâncias refletem a dependência entre os dados que constituem o campo de gravidade. Do ponto de vista estatístico, a função covariância caracteriza a correlação estatística entre duas quantidades do campo de gravidade em pontos distintos, ou seja, a tendência de apresentarem a mesma magnitude e o mesmo sinal. A determinação da função covariância é necessária para tanto descrever o comportamento do campo de gravidade como para a determinação de funcionais ligados ao campo. Este artigo tem como objetivo a análise dos resíduos obtidos na comparação de modelos geoidais (Modelo Gravimétrico do Geóide para América do Sul – MGGAS e Modelo Gravimétrico do Geóide para o Estado de São Paulo – MGGSP), por meio da colocação por mínimos quadrados, usando funções covariâncias planas e esféricas.

Palavras-chave: Geóide Gravimétrico; Colocação por Mínimos Quadrados;Funções Covariâncias.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Boletim de Ciências Geodésicas. ISSN: 1982-2170