Desafios da comunicação pública e científica na promoção da saúde: estudo de caso do portal da UFPR

Amanda Souza de Miranda, Jéssica Vitória Tokarski Mazeto

Resumo


Introdução: Reflete sobre os conceitos de comunicação pública e divulgação científica a partir da identificação de questões intrínsecas aos setores de comunicação das universidades, responsáveis por produzir informações sobre a pandemia de Covid-19 pensando em disseminá-las amplamente e contribuir  com o direito à informação. Método: Apresenta um estudo de caso a partir das notícias com maior número de visualizações publicadas no portal da UFPR desde o início da pandemia do novo Coronavírus, com o objetivo de elencar desafios a serem vencidos pela comunicação pública e pela divulgação científica na promoção da saúde. Resultados: Parte do pressuposto de que a ciência tem sido uma instituição protagonista no debate público com relação ao combate à pandemia da Covid-19. Analisa um conjunto de 16 conteúdos disseminados pelo portal da UFPR que estiveram entre os mais visualizados entre os meses de março a julho de 2020. Conclusões: Na disputa de narrativas, projeta a comunicação das instituições científicas como instância que deve focar suas ações em um papel social: investir em estratégias de divulgação e promoção da saúde e situar-se como mediadora das relações entre ciência e sociedade.


Palavras-chave


Comunicação Pública; Divulgação Científica; Promoção da Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


Hohlfeldt, A. (2011). Comunicação pública: os diferentes sentidos do interesse público (pp. 229-241). In M. M. K. Kunsch (org.), Comunicação pública, sociedade e cidadania. São Caetano do Sul: Difusão.

Mcquail, D. (2012). Atuação da mídia: comunicação de massa e interesse público. Porto Alegre: Penso.

Miranda, A. S. de. (2018). Narrativas híbridas do científico e do popular no jornalismo especializado em saúde (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Pereira, M. V. (2004). A espetacularização da política no Cidade Viva (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Ribeiro, M. G. da F. (2018). Divulgação científica e promoção da saúde: a interação do agente de controle de endemias com a população de Rocha Miranda (Dissertação de Mestrado). Fundação Oswaldo Cruz, Casa de Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Silva, G., & Maia, F. (2011). Análise de cobertura jornalística: um protocolo metodológico. RuMoRes, 5(10), 18-36.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v10i1.77961

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Serviços de indexação e agregadores

Web of Science
Directory of Open Access Journals
Sumários.org: sumários de revistas brasileiras
Google Acadêmico
LivRe! Portal para periódicos de livre acesso na Internet
InfoBCI
Latindex Catálogo
Bielefeld Academic Search Engine
INFOBILA: Información Bibliotecológica Latinoamericana
REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação

Universidade Federal do Paraná
Mestrado e Doutorado Interdisciplinar em Gestão da Informação
ISSN: 2237-826X
Qualis (2013-2016):
B2 - Comunicação e Informação
B4 - Planejamento Urbano e Regional/Demografia; Saúde Coletiva; Interdisciplinar
B5 - Arquitetura, Urbanismo e Design; Engenharias III
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
Esta obra foi licenciada sob uma Licença
Creative Commons Atribuição 4.0 Não Adaptada