Open Journal Systems

Criação de um chatbot para atendimento de suporte sistêmico de uma rede de supermercados a partir de uma base de conhecimento registrada no Mantis

Viviâne de Almeida Tôrres, Luiz Cláudio Gomes Maia, Cristiana Fernandes de Muylder

Resumo


Introdução: A tecnologia está presente nos diversos ramos de atividades e somente ela não é capaz de ser um diferencial nas empresas. Faz-se necessário ter o domínio do negócio e ter o conhecimento sobre a área que está sendo avaliada. O conhecimento pode ser apresentado em diversos formatos, estando este intangível ou devidamente registrado. Quando há registro desse conhecimento, a tarefa de buscar essas informações pode ser realizada com facilidade e permite agilidade e eficiência para a tomada de decisão. No entanto, recuperar informações com precisão não é uma tarefa simples. Objetivos e método: O presente trabalho trata sobre a geração de uma coletânea de documentos (corpus em formato adequado para chatbots) criada a partir de uma base histórica de atendimentos do sistema Mantis® (software livre que permite o registro de bug´s e melhorias) de uma rede de supermercados. A base foi submetida a um serviço de perguntas e respostas que possui técnicas de recuperação de informações, bot e conversação natural, a fim de realizar análise dos retornos recuperados. Resultados: O resultado do trabalho é a conversão de vários registros de soluções já revisadas anteriormente, em um direcionamento único e objetivo, do que a leitura de diversas possibilidades de soluções dispersas em vários atendimentos. Os atendimentos são considerados como base de conhecimento para a recuperação de informações e a resposta para o usuário. Conclusão: Com isso, a pesquisa concluiu que o chatbot localiza respostas e consolida possíveis soluções utilizadas em atendimentos anteriores e que podem ser a solução do problema relatado atualmente. Os chatbots podem ser uma alternativa frente a necessidade de atender usuários na prestação de serviço de suporte.


Palavras-chave


Sistemas Perguntas e Respostas; Chatbot; Mantis®; Recuperação da Informação; Rede de Supermercados.

Texto completo:

PDF

Referências


Almansa, L., & Macedo, A. (2016). Sistema de informação para perguntas e respostas em doenças crônicas. In Anais Principais do XVI Workshop de Informática Médica, (pp. 2587-2596). Porto Alegre: SBC. doi:10.5753/sbcas.2016.9905

Almansa, L. F. (2017). Uma arquitetura de question-answering instanciada no domínio de doenças crônicas (Dissertação de mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/95/95131/tde-10102016-121606/en.php.

Bada, E. M., & Menezes, C. S. (2012). Uma proposta para extração de perguntas e respostas de textos. Anais do XVII Congreso Internacional de Informática Educativa, TISE, 44-49. Recuperado de: http://www.tise.cl/volumen8/ TISE2012/06.pdf.

Leonhardt, M. D., Castro, D. D., Dutra, R. L. S., & Tarouco, L. M. R. (2003). ELEKTRA: Um chatterbot para uso em ambiente educacional Michelle. RENOTE: Novas Tecnologias na Educação, 1(2), 1-11. Recuperado de: http://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14336/8251. https://doi.org/10.5753/CBIE.SBIE.2003.81-88.

Lopes, B., Muylder, C. F., & Judice, V. M. M. (2011). Inteligência competitiva e o caso de um arranjo produtivo local de eletrônico brasileiro; Revista Gestão & Planejamento, 12(2), 213-231. Recuperado de: http://www.spell.org.br/ documentos/ver/912/inteligencia-competitiva-e-o-caso-de-um-arranjo-produtivo-local-de-eletronica-brasileiro/i/pt-br.

Microsoft Azure (2018). API do QnA Maker. Microsoft Azure. [site] Recuperado de https://azure.microsoft.com/pt-br/services/cognitive-services/qna-maker/.

Moreno, F., Manfio, E., Barbosa, C. R., & Brancher, J. D. (2015). Tical: Chatbot sobre o Atlas Linguístico do Brasil no WhatsApp. Anais Do XXVI Simpósio Brasileiro de Informática Na Educação (SBIE 2015), 1(1), 279. https://doi.org/10.5753/cbie.sbie.2015.279

Núcleo Health Care (2017). Saiba como lidar com o excesso de informação nas empresas, 10 de maio. Recuperado de:http://nucleohealthcare.com.br/blog/ 2017/05/10/saiba-como-lidar-com-o-excesso-de-informacao-nas-empresas/.

Parreiras, F. S., & Bax, M. (2003). A gestão de conteúdos no apoio à engenharia de software. Anais do KMBrasil, 2003, São Paulo. São Paulo: SBGC - Sociedade Brasileira de Gestão Conhecimento. Recuperado de: https://www.researchgate.net/publication/267790885_a_gestao_de_conteudos_no_apoio_a_engenharia_de_software.

Pentaho Data Integration (2018). Hitachi Vantara/Pentaho [site]. Recuperado de: http://www.pentaho.com/product/data-integration#data-integration-.

Puhl, R. L., & Preuss, E. Gerenciamento de conteúdo corporativo (ECM) na Gestão de TI. Anais do EATI - Encontro Anual de Tecnologia da Informação e Semana Acadêmica de Tecnologia da Informação. Recuperado de: http://www.eati.info/eati/2013/assets/anais/artigo61.pdf.

Roy, Pradeep, Ahmad, Zishan, Singh, Jyoti, Alryalat, Mohammad, Rana, Nripendra, & Dwivedi, Yogesh. (2018). Finding and Ranking High-Quality Answers in Community Question Answering Sites. Global Journal of Flexible Systems Management, Springer, march, v. 19. Recuperado de https://link.springer.com/article/10.1007/s40171-017-0172-6.

Souza, R. R. (2006). Sistemas de recuperação de informações e mecanismos de busca na web: panorama atual e tendências. Perspectivas em Ciência da Informação, 11(2), 161–173. Recuperado de http://www.scielo.br/ scielo.php? script=sci_arttext&pid=S1413-99362006000200002. https://doi.org/10.1590/S1413-99362006000200002.

Supermercado Moderno (2017). Ranking de supermercados. Recuperado de http://www.sm.com.br/ranking-de-supermercados?tipo=BuscaBrasil&busca= VERDEMAR%20SUPERM.%20E%20PADARIA

Verdemar. (2017). Documento recursos humanos: Manual Treinamento de Integração. Treinamento e Desenvolvimento. [Documento não publicado].




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v8i2.65170

Apontamentos

  • Não há apontamentos.