AVALIAÇÃO DE PLANTAS DE Cordia americana EM VIVEIRO UTILIZANDO CARACTERES MORFOLÓGICOS

Jonathan William Trautenmüller, Juliane Borella, Myrcia Minatti, Sergio Costa Júnior, Antônio Pedro Fragoso Woycikievicz, Rafaelo Balbinot, Carlos Roberto Sanquetta

Resumo


A Cordia americana (Linnaeus) Gottshling & J.E. Mill é utilizada para recuperação da áreas degradadas e mata ciliares, o que torna importante conhecer o padrão das plantas produzidas em viveiros. Assim, o presente estudo tem como objetivo predizer o índice de qualidade Dickson em plantas de Cordia americana em diferentes condições de arranjos. O ensaio foi realizado em ambiente protegido sob o delineamento em blocos ao acaso, sendo testados dois tamanhos (90 e 170 cm³) de recipientes e duas densidades, o que totalizou em quatro combinações. Posteriormente, foram avaliados os seguintes parâmetros morfológicos: altura da planta, diâmetro do coleto, fitomassa de folha, caule e raiz, área foliar e índice de qualidade Dickson. O crescimento das plantas foi influenciado significativamente pelo volume do tubete e pela densidade de plantas ao longo do período de avaliações do experimento. O recipiente com 170 cm³ de volume e adensamento de 50% resultou no maior IQD, produzindo plantas de melhor qualidade.


Palavras-chave


Adensamento de plantas; Área foliar; Guajuvira; Índice de Dickson

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v2i2.55512

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek, CIARD RING, AGRISPortal de Periódicos da Capes