PANORAMA DOS COMBUSTÍVEIS E BIOCOMBUSTÍVEIS NO BRASIL E AS EMISSÕES GASOSAS DECORRENTES DO USO DA GASOLINA/ETANOL

Waldir Nagel Schirmer, Camilo Bastos Ribeiro

Resumo


A busca por alternativas para reduzir a extração do petróleo e a preocupação com a emissão de poluentes na atmosfera reforçam cada vez mais a importância da produção comercial dos biocom­bustíveis. Nesse cenário, desde a década de 1970, o etanol é co­mercializado no Brasil, e desde 2005 existem esforços para o bio­diesel alcançar proporções significativas na matriz energética bra­sileira. A literatura referente às emissões gasosas oriundas da queima de diesel/biodiesel e gasolina/etanol reporta a redução significativa de hidrocarbonetos (HC) e monóxido de carbono (CO), quando os biocombustíveis são adicionados aos combustí­veis fósseis. O presente trabalho aborda uma breve revisão da si­tuação atual dos combustíveis e biocombustíveis líquidos utiliza­dos no Brasil (com ênfase no etanol), destacando alguns ganhos ambientais ao se substituir os combustíveis fósseis por renováveis.


Palavras-chave


Bioenergia; Motores do ciclo Otto; Poluição atmosférica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v2i2.53539

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, Index Copernicus, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek