Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Público-alvo

Aberta ao debate científico, a Revista de Sociologia e Política é um veículo pluralista de divulgação dos resultados de pesquisa substantiva de sociólogos e de cientistas políticos. Publica, preferencialmente em português, artigos originais e ensaios bibliográficos.

 

Periodicidade e Vínculo institucional

Revista de Sociologia e Política é uma publicação trimestral do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná.

 

Missão

Publicar trabalhos inéditos nas áreas de Ciência Política e Sociologia Política. Os artigos devem ter como foco a produção de inferências ou generalizações a partir de dados e evidências conseguidos em pesquisas empiricamente orientadas.

 

Foco e escopo

Revista de Sociologia e Política aceita artigos originais e ensaios bibliográficos cujo tema principal seja a prática política de agentes sociais.

 
Tipos de documentos aceitos para publicação

Artigos: Os artigos devem apresentar resultados substantivos de pesquisas empíricas a partir da análise de dados e evidências ainda não publicados.

Ensaios bibliográficos: Os ensaios bibliográficos devem promover discussões teóricas e metodológicas sobre um domínio específico de pesquisa em Sociologia Política e/ou Ciência Política. O debate deve se concentrar em obras atuais. Os textos devem conter reflexões sobre o "estado da arte" em uma área de estudos específica (partidos e eleições, comportamento político, valores ideológicos, história política, política internacional etc.). Recomenda-se que os autores dos ensaios mesclem a literatura nacional e internacional publicada sobre o tema analisado no ensaio.

 

 

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaios Bibliográficos

Substitui a seção Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Todos os manuscritos submetidos para avaliação na Revista de Sociologia e Política devem ser inéditos. Considera-se como inédito todo manuscrito que ainda não tenha sido aprovado para a publicação em livros, coletâneas, revistas, periódicos, ou qualquer espécie de publicação que utilize sistema de arbitragem anônima por pares.

A decisão sobre a publicação de artigos e ensaios bibliográficos cabe aos Editores, a partir da avaliação dos pareceristas. O processo de avaliação ocorre em duas etapas: os manuscritos submetidos são examinados pelos editores para verificar se o artigo está de acordo com o escopo e área de interesse do periódico. Os artigos aprovados na primeira etapa são enviados para a análise de pelo menos dois pareceristas, que podem: (a) indicar a publicação; (b) indicar a publicação desde que sejam feitas revisões; (c) negar a publicação. A publicação dos artigos aprovados estará, contudo, condicionada a aspectos editoriais e ao orçamento da Revista de Sociologia e Política. A primeira etapa é realizada em cerca de 20 dias. A segunda etapa costuma ser finalizada entre 45 e 90 dias.

Os editores da Revista de Sociologia e Política reservam-se o direito de sugerir ao autor modificações de forma a fim de adequar as colaborações ao padrão editorial e gráfico da revista. Os textos, já diagramados, serão revisados pelos autores antes da publicação eletrônica. As afirmações e conceitos emitidos em artigos assinados são de absoluta responsabilidade dos seus autores.

 

 

 

Periodicidade


Revista de Sociologia e Política é uma publicação trimestral do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná.

Foi criada em fins de 1993 e aparece regularmente nos meses de março, junho, setembro e dezembro de cada ano.

Com duas edições anuais, do número 1 (novembro de 1993) ao número 29 (novembro de 2007) as referências bibliográficas da Revista de Sociologia e Política incluíam apenas os números. A partir da edição de junho de 2009, a Revista passou a ser indicada com volume e número: v. 16, n. 30. Essa alteração deveu-se a uma inovação editorial: em virtude da quantidade de artigos propostos para avaliação e publicação, quando houver necessidade e possibilidade a Revista publicará um número suplementar exclusivamente eletrônico - cuja referência exige a indicação de volume. Passados três anos, o contínuo aumento das propostas de artigos fez com que assimilássemos esse número suplementar à periodicidade regular da Revista, tornando o periódico trimestral a partir do volume 21, número 45.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista proporciona acesso público a todo seu conteúdo, seguindo o princípio que tornar gratuito o acesso a pesquisas gera um maior intercâmbio global de conhecimento. Tal acesso está associado a um crescimento da leitura e citação do trabalho de um autor. Para maiores informações sobre esta abordagem, visite Public Knowledge Project, projeto que desenvolveu este sistema para melhorar a qualidade acadêmica e pública da pesquisa, distribuindo o OJS assim como outros software de apoio ao sistema de publicação de acesso público a fontes acadêmicas..

 

Arquivamento

This journal utilizes the LOCKSS system to create a distributed archiving system among participating libraries and permits those libraries to create permanent archives of the journal for purposes of preservation and restoration. More...

 

Sobre a Revista de Sociologia e Política

 

Revista de Sociologia e Política é uma publicação trimestral do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná.

Foi criada em fins de 1993 e aparece regularmente nos meses de março, junho, setembro e dezembro de cada ano.

Com duas edições anuais, do número 1 (novembro de 1993) ao número 29 (novembro de 2007) as referências bibliográficas da Revista de Sociologia e Política incluíam apenas os números. A partir da edição de junho de 2009, a Revista passou a ser indicada com volume e número: v. 16, n. 30. Essa alteração deveu-se a uma inovação editorial: em virtude da quantidade de artigos propostos para avaliação e publicação, quando houver necessidade e possibilidade a Revista publicará um número suplementar exclusivamente eletrônico - cuja referência exige a indicação de volume. Passados três anos, o contínuo aumento das propostas de artigos fez com que assimilássemos esse número suplementar à periodicidade regular da Revista, tornando o periódico trimestral a partir do volume 21, número 45.

Aberta ao debate científico, a Revista de Sociologia e Política é um veículo pluralista de divulgação dos resultados de pesquisa substantiva de sociólogos e de cientistas políticos. Publica, preferencialmente em português, artigos originais e ensaios bibliográficos.

Revista prioriza manuscritos cujo tema principal seja a prática política de agentes sociais. As contribuições das diversas disciplinas das Ciências Humanas são bem-vindas. Elas podem tomar a forma de análises de discursos teóricos, investigações históricas e, especialmente, pesquisas empíricas.

Possui duas seções fixas distintas: uma seção de artigos e uma seção de ensaios bibliográficos.

A abreviatura de seu título é Rev. Sociol. Polit., que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

 

 

Fontes de Indexação

Os artigos publicados na Revista de Sociologia e Política são indexados ou resumidos por:

 C S A Political Science & Government Abstracts

  • CLASE. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • Dataíndice: Banco de Dados Bibliográficos
  • HAPI. Hispanic American Periodicals Index
  • International Bibliography of the Social Sciences
  • International Political Science Abstracts/Documentation Politique Internationale
  • Political Science Abstracts
  • Red ALyC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe Ciencias Sociales y Humanidades
  • SciELO Citation Index
  • Web of Science (formerly ISI Web of Knowledge)
  • Social Services Abstracts
  • Sociological Abstracts
  • Ulrich's International Periodicals Directory

 

Política de ética

Revista de Sociologia e Política apóia os códigos de conduta científica do Committee on Publication Ethics (COPE) (http://www.publicationethics.org/), bem como as diretrizes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes) e o manual de boas práticas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (http://www.fapesp.br/boaspraticas/).


As afirmações e conceitos emitidos em artigos assinados são de absoluta responsabilidade dos seus autores.

 

Titulação mínima, Taxas e Definição de coautoria

Revista de Sociologia e Política não determina requisito mínimo de titulação para os autores e pareceristas do periódico.

 

Revista de Sociologia e Política não utiliza taxas de submissão, avaliação ou publicação de artigos como meio de financiamento. Os autores estão isentos de qualquer obrigação financeira com nosso periódico.

Revista de Sociologia e Política adota um protocolo para a definição do que é o autor de um artigo. Tais normas (adaptadas do periódico Chest) definem como autores as pessoas que participaram do trabalho a ponto de assumir uma responsabilidade pública pelo seu conteúdo. Assim, cada autor deve cumprir quatro condições específicas:

1. Ter realizado contribuições substantivas durante a concepção e desenho do manuscrito, na manipulação dos dados, e na interpretação dos resultados discutidos no artigo.
2. Ter rascunhado versões preliminares do artigo, ou realizado revisões críticas com respeito ao seu conteúdo intelectual.
3. Ter aprovado a versão final que será submetida à avaliação.
4. Ter se comprometido em se responsabilizar por todos os aspectos do artigo, garantindo que quaisquer questões relativas à precisão ou integridade de qualquer parte do trabalho foram investigadas e resolvidas de modo adequado.

Qualquer pessoa que não cumprir com estes quatro critérios não se qualifica como autor e não deve ser designada como tal.