Open Journal Systems

MUDANÇA NO USO E COBERTURA DA TERRA NA BACIA DO RIO TIETÊ E SEUS IMPACTOS NA TEMPERATURA DA SUPERÍFICIE (TS)

Murilo da Costa Ruv Lemes, Michelle Simões Reboita, Roger Rodrigues Torres

Resumo


A bacia do rio Tietê tem sido uma importante região para as atividades agrícolas na última década. Áreas que antes eram cobertas por vegetação densa tornaram-se solo exposto para o cultivo. Diante desse contexto, o objetivo do trabalho é caracterizar a mudança no uso e cobertura do solo no Estado de São Paulo com ênfase na região da bacia do rio Tietê, entre 2000 a 2017, e as alterações na temperatura da superfície (TS). Os dados fisiográficos utilizados no estudo foram obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já uso e cobertura do solo e TS derivam do sensor Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS). Entre os principais resultados têm-se a expansão da área agrícola, principalmente às margens do rio Tietê. Em termos de sub bacia, a expansão agrícola é maior no Baixo Tietê, o que resulta num aumento na TS.

Palavras-chave


uso e cobertura do solo; clima; temperatura da superfície

Texto completo:

PDF