CLASSIFICAÇÃO CLIMÁTICA DE KÖPPEN E DE THORNTHWAITE PARA MINAS GERAIS: CENÁRIO ATUAL E PROJEÇÕES FUTURAS

Fabrina Bolzan Martins, Gabriela Gonzaga, Diego Felipe dos Santos, Michelle Simões Reboita

Resumo


Minas Gerais (MG) tem grande representatividade em termos de extensão territorial, contingente populacional e contribuição na economia do país. Para o final deste século, projeta-se um clima mais quente que pode afetar diretamente as atividades da população e a economia local. Portanto, o objetivo do presente estudo foi determinar os Sistemas de Classificação Climática (SCC) de Köppen e de Thornthwaite para MG no clima presente (1981 a 2010) e futuro (2011 a 2100). Para tanto, foram utilizados dados de temperatura do ar e precipitação observados e projetados por modelos climáticos globais. Pelo SCC de Köppen, há cinco tipos climáticos em MG: dois temperados quentes (Cwb, Cwa), um tropical (Aw) e dois áridos (BSh e BWh); já pelo SCC de Thornthwaite há vinte e cinco tipos climáticos com predominância do tipo megatérmico e mesotérmico superúmido e úmido concentrados nas regiões Central, da Mata, Sul, Paranaíba e Centro-Oeste, e megatérmico e mesotérmico subúmido ou semiárido nas demais regiões de MG. Independente do SCC, MG apresenta duas características climáticas bem definidas nas projeções futuras: nas regiões centrais do estado os tipos climáticos atuais se mantêm enquanto que nos extremos norte e sul do estado, devido à tendência de aumento da temperatura e redução da umidade, há alteração para tipos climáticos mais quentes e secos

Palavras-chave


sistemas de classificação climática; mudanças climáticas; modelos climáticos globais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v1i0.60896

Direitos autorais 2018 Fabrina Bolzan Martins, Gabriela Gonzaga, Diego Felipe dos Santos, Michelle Simões Reboita