CENÁRIOS DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS PROJETADOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS

Michelle Simões Reboita, Vitor Hugo de Almeida Marrafon, Marta Llopart, Rosmeri Porfírio da Rocha

Resumo


O estado de Minas Gerais está inserido numa região de clima de monção, o que significa que mais da metade do total anual da precipitação ocorre entre a primavera e o outono do ano seguinte. Portanto, essa época é a mais propícia à ocorrência de eventos extremos de precipitação. Uma vez que episódios de chuva intensa ou grandes sequências de dias com chuva, ou sem, podem causar danos a vários setores da economia como, por exemplo, agrícola, energético, turístico etc., o objetivo do presente estudo é analisar projeções futuras de precipitação e temperatura do ar no estado de Minas Gerais, com base em três simulações climáticas realizadas com o Regional Climate Model version 4  (RegCM4). O período histórico corresponde aos anos de 1980-2005 e o futuro aos de 2070-2095. Para esse último, é considerado o cenário de mudanças climáticas Representative Concentration Pathways 8.5 (RCP8.5) do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC). Para a precipitação, foram analisados índices climáticos relacionados a valores médios e extremos. Já para a temperatura do ar apenas analisaram-se os valores médios. Entre os resultados têm-se que a temperatura do ar poderá aumentar em até 5 oC no estado, enquanto que a precipitação mostra uma tendência de aumento no verão e redução no inverno. No futuro, as projeções climáticas indicam que a sequência de dias consecutivos úmidos tende a reduzir, enquanto a de dias secos a aumentar.

Palavras-chave


mudanças climáticas; temperatura do ar; precipitação; eventos extremos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v1i0.60524

Direitos autorais 2018 Michelle Simões Reboita