PADRÕES CLIMATOLÓGICOS DE PRECIPITAÇÃO E TEMPERATURA DO AR ASSOCIADOS AO RENDIMENTO DO FEIJÃO COMUM EM MINAS GERAIS

Luiz Fernando dos Santos, Fabrina Bolzan Martins, Sâmia Regina Garcia

Resumo


O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) apresenta grande importância nutricional na alimentação do brasileiro, além de relevante contribuição no cenário socioeconômico nacional e internacional. No estado de Minas Gerais, o segundo maior produtor nacional, o feijão pode ser cultivado em três épocas diferentes. Essas épocas podem apresentar condições climáticas distintas, sendo que, dentre essas condições, o feijão exige uma faixa de temperatura ótima e precipitação bem distribuída ao longo de seu ciclo para alcançar o seu máximo rendimento. Com isso, o objetivo desse estudo foi analisar o comportamento macroclimático das anomalias de temperatura máxima e mínima do ar (Tmáx e Tmín, respectivamente), juntamente com a distribuição, intensidade e persistência da precipitação e, assim, entender suas influências sobre o rendimento médio do feijão (RMF) em cada safra e macrorregião (MMG). A variabilidade de Tmáx e Tmín e, principalmente, as características pluviométricas em todas as MMG foram capazes de influenciar nos maiores e menores valores de RMF durante o período de estudo.

Palavras-chave


agrometeorologia; safra; agricultura; semeadura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v1i0.59108

Direitos autorais 2018 Luiz Fernando dos Santos, Fabrina Bolzan Martins, Sâmia Regina Garcia