CARACTERIZAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DOS COMPONENTES DO BALANÇO DE RADIAÇÃO E CALOR NA REGIÃO DE TRANSIÇÃO AMAZÔNIA-CERRADO

Mayara Lucyanne Santos de Araújo, Jessflan Rafael Nascimento Santos, Francisco Emenson Carpegiane Silva Feitosa, Juliana Sales dos Santos, Vilena Aparecida Ribeiro Silva, Juliana Lopes Almeida, Camila Viegas Ribeiro, Fabrício Brito Silva

Resumo


Os processos radiativos na superfície são de crucial importância para redistribuição de umidade e de calor no solo e na atmosfera, pois as trocas de calor e umidade afetam o comportamento da biosfera, do tempo e do clima na Terra. Os estudos de modelagem climática utilizam como parâmetros os componentes do balanço de radiação e calor na superfície, com as trocas de energia na interface vegetação-atmosfera. O objetivo do presente trabalho foi caracterizar espaço-temporalmente os componentes do balanço de radiação e calor no Maranhão, por meio de dados provenientes da base Global Land Data Assimilation System – GLDAS, no período de 2000 a 2014. Foram realizadas técnicas de estatística descritiva, como a medida de tendência central e de variabilidade de dados para caracterização dos mesmos. As médias mensais da radiação de ondas curtas incidente e do saldo de radiação de ondas curtas, no bioma Amazônico, não evidenciaram um comportamento diferenciado entre os períodos seco e chuvoso. Por sua vez, a radiação de ondas curtas incidente e o saldo de radiação de ondas curtas, no bioma Cerrado, apresentaram médias mensais superiores no período seco. O fluxo de calor sensível e o fluxo de calor no solo, nos biomas Cerrado e Amazônia, também apresentaram médias mensais superiores no período seco. A radiação de ondas longas incidente, o saldo de radiação de ondas longas e o fluxo de calor latente, nos biomas Cerrado e Amazônia, apresentaram médias mensais superiores no período chuvoso. De maneira geral, a base de dados GLDAS viabiliza os estudos de planejamento ambiental em regiões de escassez de dados climáticos, como o estado do Maranhão.

Palavras-chave


mudanças climáticas; sensoriamento remoto, modelagem climática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v24i0.51586

Direitos autorais 2019 Mayara Lucyanne Santos de Araújo, Jessflan Rafael Nascimento Santos, Francisco Emenson Carpegiane Silva Feitosa, Juliana Sales dos Santos, Vilena Aparecida Ribeiro Silva, Juliana Lopes Almeida, Camila Viegas Ribeiro, Fabrício Brito Silva