A COMBUSTÃO DA BIOMASSA E SEUS EFEITOS NA SAÚDE HUMANA EM ÁREAS URBANAS

Natacha Cintia Regina Aleixo, João Lima Sant'anna Neto

Resumo


Os elementos climáticos como temperatura, umidade e precipitaão inseridas no diagnóstico do clima urbano indica e as situações adversas que pessoas com uma predisposição de desenvolver e agravar uma patologia respiratória estão sujeitas. As condições atmosféricas vinculadas a área de risco de ocorrência das doenças respiratórias. Estas associações incluem variáveis como as condições socioeconômicas dos indivíduos expostos, os mecanismos de difusão dos poluentes na emissão e as principais áreas afetadas. A fonte de emissão de particulados e produtos gasosos na cidade de Ourinhos-SP ocorre no período da safra de agricultura canavieira pela combustão da cana-de-açucar realizada dos meses de abril a dezembro constituindo graves impactos ambientais, contribuindo para a piora da qualidade do ar no ambiente intra-urbano e no aumento da morbidade por doenças respiratórias. Assim, o objetivo desta pesquisa é analisar o ritmo climático vinculado ao período da queima da cana-de-açucar sobre a ocorrência de doenças respiratórias no espaço urbano de Ourinhos.

Palavras-chave


Clima; Saúde; Poluição Atmosférica; Doenças Respiratórias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v5i0.50477

Direitos autorais 2017 Natacha Cintia Regina Aleixo, João Lima Sant'anna Neto

Prezados leitores, informamos que a Revista Brasileira de Climatologia encontra- disponível no seguinte endereço: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/rbclima