ANÁLISE DAS TENDÊNCIAS ESPAÇO-TEMPORAIS DAS PRECIPITAÇÕES ANUAIS PARA O ESTADO DO PARANÁ – BRASIL.

Deise Ely, Vincent Dubreuil

Resumo


O presente trabalho sintetiza as análises dos resultados da aplicação da modelagem dos dados pluviométricos anuais, oriundos do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e da Agência Nacional de Águas (ANA), com o intuito de identificar as tendências espaço-temporais das chuvas no estado do Paraná; calculadas ao nível dos pixels dos mapas, com uma resolução espacial de um quilômetro possibilitada pela alta densidade de estações com dados de precipitação disponíveis para o estado. Foi verificado que as tendências mais expressivas observadas no estado são aquelas que indicam aumento das precipitações anuais, mas para áreas mais específicas. Enquanto que as tendências de redução nas precipitações anuais abrangem uma área maior do estado, porém com índices mais modestos. As áreas que apresentaram tendências de aumento nos testes da Correlação Linear e de Mann-Kendall são as mesorregiões: Metropolitana (mais especificamente Curitiba e o norte do litoral paranaense), Centro-Sul, Oeste (Catanduvas), Centro-Ocidental (Altamira do Paraná), Norte Central e Norte Pioneiro. E as mesorregiões em que as precipitações anuais tendem a diminuir são: Centro-Oriental, Norte Central (Maringá e Califórnia), Noroeste, Sudeste e o extremo oeste da mesorregião Oeste.

Palavras-chave


modelagem; tendências; precipitações anuais; Paraná.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v21i0.48643

Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Climatologia