Open Journal Systems

APLICAÇÃO E ANÁLISE DO ÍNDICE PADRONIZADO DE PRECIPITAÇÃO NO CIRCUITO DAS ÁGUAS PAULISTA

Beatriz Siqueira, Jonas Teixeira Nery

Resumo


Resumo

O Índice Padronizado de Precipitação (SPI) foi elaborado por Mckee et al. (1993). Esse índice em um dos métodos mais utilizados para a quantificação da seca, em diversas escalas de tempo de modo a caracterizar os diferentes tipos de seca possíveis em dadas regiões. Através do uso do índice de Mckee et al. (1993) objetivou-se quantificar o déficit hídrico na região do Circuito das Águas Paulista, que devido a sua localização, possui grande importância hídrica, econômica e turística no estado de São Paulo. Outro fator que confere extrema significância e objetividade à pesquisa é o fato de a região de estudo estar localizada em uma área, atualmente considerada de risco no que diz respeito à estiagem severa que o estado de São Paulo vem sofrendo desde meados do ano de 2013. Desse modo, a finalidade deste trabalho é calcular e analisar os valores de SPI para o Circuito das Águas Paulista, em um período de 6 e 12 meses, de modo a quantificar os maiores e menores índices de seca registrados até então, compreendidos em um período de 42 anos (1970 – 2012).

Palavras-chave: variabilidade, déficit de precipitação, riscos, índice.


Palavras-chave


Variabilidade; Déficit de Precipitação; Riscos; Índice.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v16i0.40331