CLIMA E TELEDETECÇÃO: UMA ABORDAGEM GEOGRÁFICA

Vincent Dubreuil

Resumo


A utilização dos dados fornecidos pelos satélites meteorológicos renovoucompletamente os nossos conhecimentos e a nossa compreensão do sistemaTerra-Atmosfera. Graças à repetitividade de observação, a coberturaglobal do planeta que os satélites nos oferecem, eles tornaram-se instrumentosindispensáveis para os geógrafos climatólogos. No entanto, os dadosde satélites não dispensam observações in-situ, as informações adquiridasdiretamente comparáveis e a calibração, e a validação dos dados continuama ser indispensável. Este artigo mostra toda a importância da teledetecçãoem climatologia a partir de exemplos tomados na França do Oeste(estimativa das temperaturas e acompanhamento da seca à escala regional)e no Brasil (monitoramento das frentes da brisa do mar no Nordeste eestimativa das precipitações no Mato Grosso).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v1i1.25157

Direitos autorais