Aplicação de análise hierárquica para escolha de sistema de fachadas vegetais em Curitiba

José Edwalto de Lima Junior, Marcelo Henrique Farias de Medeiros, Sérgio Fernando Tavares

Resumo


As fachadas de edificações localizadas na cidade de Curitiba necessitam de tratamentos adequados às frequentes variações climáticas, caracterizadas pela considerável amplitude térmica ao longo dos dias, e temperatura extrema de frio e calor nas estações bem definidas de inverno e verão. Os sistemas de fachadas vegetais estão se tornando técnicas populares para melhorar o desempenho térmico de edificações, bem como a sensação de conforto dos usuários. Este artigo tem como objetivo escolher, dentre 4 sistemas, o sistema de fachada vegetal mais apropriado à cidade de Curitiba, de acordo com oito critérios estabelecidos. O método utilizado é o Processo de Análise Hierárquica (PAH), criada por Thomas Saaty, que consiste fundamentalmente em tomadas de decisões de multi-critérios. Os resultados indicaram que o sistema de fachada vegetal com manta é a melhor solução com 30.17% de toda pontuação, embora sendo a opção de custo mais elevado e a que mais necessita manutenção.


Palavras-chave


Fachada Vegetal; Análise Hierárquica; Curitiba

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/relainep.v2i2.38352

https://licensebuttons.net/l/by-nd/3.0/88x31.png

Este periódico está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional

Rev. Lat.-Am. Inov. Eng. Prod. [ReLAInEP], Curitiba (PR), Brasil

ISSN: 2317-4846 (Versão impressa)

ISSN-e: 2317-6792 (Versão online)