PROPOSTA PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO DO MUNICÍPIO DE PATO BRANCO, PARANÁ, BASEADA EM CRITÉRIOS GEOLÓGICOS E GEOMORFOLÓGICOS

NEY LYZANDRO TABALIPA

Resumo



A ordenação do processo de urbanização passa
pela analise de diversos fatores significativos, os quais
vão desde atividades econômicas até aspectos
ambientais. Este trabalho tem como objetivo mostrar,
através de critérios geológicos e geomorfológicos, a aptidão
do uso do solo das áreas já urbanizadas e dos futuros
projetos de urbanização. Esta pesquisa desenvolveu-se
sobre a área do perímetro urbano do município de
Pato Branco, no estado do Paraná, Brasil. A aptidão do
uso do solo foi avaliada a partir da sobreposição dos mapas
de declividade, de solos e de drenagem, utilizando técnicas
SIG e Sensoriamento Remoto. Os dados de uso e
ocupação do solo foram obtidos a partir da classificação
e analise de imagens Landsat TM. Apresenta-se, ainda,
todo o processo de obtenção das informações para a
montagem de banco de dados georreferenciados, desde
a digitalização de cartas, classificação de imagens até a
interpretação dos dados obtidos. A análise entre a aptidão
do uso do solo e o uso e ocupação do solo possibilitou
identificar as áreas com ocupação correta e incorreta.
Os resultados mostraram que 8,93% da área de estudo
estão com ocupação incorreta. Ficou evidente, nesta
pesquisa, que a potencialização das áreas de risco foi
acelerada pela ocupação de forma desordenada, sem
consideração do meio físico, levando a aceleração da
erosão, instabilidade de taludes, inundações etc. As áreas
de risco já eram inaptas à ocupação, ou seja, essas
áreas não deveriam ter sido ocupadas pelo fato de oferecerem
risco à ocupação antrópica. Os resultados neste
trabalho poderão auxiliar no planejamento e readequação
do uso do solo urbano, bem como na proteção de áreas
que apresentem suscetibilidade a riscos geológicos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geo.v52i0.4205

Boletim Paranaense de Geociências. ISSN: 0067-964X
 
 
Programa de Pós-Graduação em Geologia da UFPR