EVOLUÇÃO DO PROCESSO EROSIVO DA BACIA DOS RIOS ARICA-AÇU E ARICA-MIRIM, MT, ATRAVÉS DE ANÁLISE MULTITEMPORAL

SIMONE KOZCIAK

Resumo



A erosão dos solos causa uma gama de impactos
ambientais, desde sua própria degradação até problemas
ambientais de forma geral. Os problemas iniciam
no local onde ocorrem, estendendo-se para grandes áreas,
como por exemplo, o material em excesso que é
erodido em uma bacia hidrográfica, e pode causar o
assoreamento dos rios e reservatórios. A região do Pantanal
constitui-se em um ecossistema altamente sensitivo
à atividade antrópica, e durante as últimas décadas,
verificaram-se importantes transformações nos solos, principalmente
nas regiões elevadas do pantanal. Uma intensa
denudação do solo e sua rápida erosão vem sendo
observada. Este trabalho tem por objetivo fazer a estimativa,
nos últimos 30 anos, de perdas de solo por erosão
laminar em duas sub-bacias do rio Cuiabá, usando o
método quantitativo da Equação Universal de Perdas do
Solo (EUPS). Os principais fatores que influenciam a erosão
do solo foram aplicados em Sistema de Informações
Geográficas, através de mapas temáticos, e com o cruzamento
desses mapas obteve-se o valor de A, que é a
perda média anual do solo em toneladas por hectare por
ano. Uma análise multitemporal, por meio de dados de
cartas topográficas (1966) e imagens de satélite (1985 e
1996) foi realizada para obtenção dos dados de uso e
ocupação do solo, fator que influencia a erosão. Observou-se uma grande mudança na cobertura do solo ocasionada
principalmente por intervenção antrópica. Esta, conseqüentemente,
causou um aumento nos índices de erosão
nas duas bacias estudadas. O índice tolerável de
perdas de solo, para cada tipo encontrado na região estudada,
foi analisado a partir dos dados obtidos durante
o desenvolvimento do trabalho, constatando-se um aumento
significativo nas áreas com perdas acima do índice
tolerável para cada solo. Os valores foram analisados
de forma que indicassem a perda média anual por bacia
de drenagem. A quantificação do material erodido em cada
bacia é de fundamental importância para uma região como
a do Pantanal, fortemente influenciada pelos regimes de
inundações. O uso do SIG permitiu obter resultados rápidos
e eficientes e, também, a viabilização dos dados
que poderão ser usados e manipulados para geração de
outros mapas temáticos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geo.v51i0.4179

Boletim Paranaense de Geociências. ISSN: 0067-964X
 
 
Programa de Pós-Graduação em Geologia da UFPR