GEOLOGIA DO GRANITO ÁGUA COMPRIDA, ANTIFORME SETUVA, ESTADO DO PARANÁ, BRASIL

Eliane Petersohn, Maria José Maluf de Mesquita, Eleonora Maria Gouvêa Vasconcellos

Resumo


Os granitóides deformados da Antiforme Setuva estão localizados no Escudo Paranaense, entre os
terrenos Apiaí e Curitiba, Estado do Paraná. A antiforme é uma estrutura elíptica de direção EW e NE-SW,
dividida em porção central, Suíte Granítica Água Comprida (SGAC), composta por sienogranitos e
monzogranitos deformados, e faixa periférica, Seqüência Santana (SS), composta por mica xistos e quartzitos.
O Granito Água Comprida (GAC), porfirítico, é o mais recorrente da SGAC, caracterizado por porfiroclastos de
feldspatos. A paragênese magmática é composta por microclínio, quartzo, oligoclásio, biotita, e pelos acessórios
alanita, titanita, ilmenita, apatita e zircão. As paragêneses secundárias são: (a) biotita II, mica branca,
titanita II, albita e epidoto; e (b) clorita, mica branca, pirita e raro carbonato. O arranjo espacial dessas rochas
reúne feições magmáticas, como schlieren e embricamento de feldspatos, e feições deformacionais, como
quartzo em ribbons, sombras de pressão, mantos de recristalização e pertitas tectônicas. Zonas de intensa
deformação e ação de fluidos são responsáveis pela geração de faixas de milonitos e filonitos e veios de
quartzo. Os filonitos formam um bandamento hidrotermal composto pela alternância de quartzo, mica branca-
biotita e relictos de feldspato. O granito e milonitos apresentam uma foliação milonítica marcante (Sn),
preferencialmente EW, definida por níveis de filossilicatos e quartzo em ribbons. A Sn é afetada por dobras
assimétricas e isoclinais, com foliação plano-axial (Sn+1). Os granitos da SGAC são cálcio-alcalinos alto K,
metaluminosos a fracamente peraluminosos, com evidências de fracionamento magmático.

Palavras-chave


granitos deformados; geologia; petrografia; Antiforme Setuva; deformed granites; petrography; major elements geochemistry; Setuva Antiform

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geo.v58i0.10710

Boletim Paranaense de Geociências. ISSN: 0067-964X
 
 
Programa de Pós-Graduação em Geologia da UFPR