ENFERMEIRAS REFLETINDO SOBRE SEU PROCESSO DE TRABALHO

Simone Coelho Amestoy, Maria Elisabeth Cestari, Maria Buss Thofehrn, Viviane Marten Milbrath, Adrize Rutz Porto

Resumo


Estudo qualitativo, descritivo e exploratório, que teve por objetivo promover a reflexão de enfermeiras sobreseu processo de trabalho. Foi realizado com 11 enfermeiras de um hospital de grande porte da região sul do Rio Grande doSul, durante os meses de fevereiro e março de 2008, com onze enfermeiras. O grupo focal foi utilizado como técnica decoleta de dados e a Análise de Conteúdo para seu tratamento. Foram realizados dois encontros; no primeiro, abordou-seo processo de trabalho da enfermagem, suas etapas, dando-se ênfase à ação e ao discurso, conceitos propostos porHannah Arendt. Após, abriu-se a discussão para o grupo, que participou ativamente. No segundo encontro, os dadosobtidos no primeiro foram apresentados, discutidos e validados entre os participantes. Percebeu-se a importância que asenfermeiras atribuem à necessidade de refletir sobre seu processo de trabalho, por acreditarem que dessa forma asadversidades vivenciadas na instituição hospitalar poderão ser superadas.

Palavras-chave


Enfermagem; Trabalho; Ambiente de trabalho; Nursing; Work; Working environment; Enfermería; Trabajo; Ambiente de Trabajo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v15i1.17188 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133