QUALIDADE DE VIDA DE PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR NA ÁREA DA SAÚDE: DISCURSO E PRÁTICA COTIDIANA

Átala Lotti Garcia, Elizabete Regina Araújo Oliveira, Elizabete Barros de Barros

Resumo


Estudo sobre qualidade de vida de professores do ensino superior no contexto da reestruturação produtiva, tomando-se como eixo de análise as variáveis que interferem na qualidade de vida. O objetivo foi analisar as condições de trabalho dos professores de ensino superior na área da saúde no âmbito das transformações econômicas, sociais e culturais vividas no contemporâneo. Foi utilizada uma metodologia qualitativa que apresenta as avaliações desses trabalhadores sobre as condições/ organização do trabalho docente e suas repercussões na qualidade de vida e saúde dos professores. Os resultados apresentam relatos sobre o sofrimento com a situação em que se encontra o professor atualmente, marcado pela desvalorização do seu trabalho, acirrada competitividade do mercado que afeta sua saúde. As conclusões apontam em direção à urgência de se pensar e discutir amplamente essa situação vivida nas instituições de Ensino Superior, uma vez que os processos de trabalho têm importância capital na produção de saúde-doença.


Palavras-chave


Saúde do trabalhador; Professores na área da saúde; Qualidade de vida.Professionals’ Health; Teachers in the health area; Quality of life.Salud del trabajador; Profesores em área de la salud; Cualidad de vida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v13i1.11945 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133