Open Journal Systems

COMPLICAÇÕES DO HIPOTIREOIDISMO NO PERÍODO GRAVÍDICO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Jéssica Alcântara DOS SANTOS, Irineu Ferreira da Silva NETO, Rafael da Silva LIMA, Débora Iamara Menezes DOS SANTOS, Adairtes Maria Bezerra SIEBRA, Dharla Costa Araújo VIEIRA, Marlene Menezes de Souza TEIXEIRA

Resumo


Objetivou-se descrever à produção da literatura sobre os principais problemas ocasionados pelo hipotireoidismo no período gestacional. Trata-se de uma revisão integrativa de caráter descritivo e abordagem qualitativa. Para a busca da literatura neste trabalho, foram utilizadas as bases de dados: Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) National Library of Medicine (PubMed) e Google Acadêmico, obtendo-se um total de 10 artigos onde foram selecionados por meio dos critérios de inclusão e exclusão. Desse modo, os seguintes descritores foram utilizados, respectivamente: Gravidez de alto risco, Hipotireoidismo e Gravidez, combinados pelo operador booleano “AND”. Evidenciou-se que, a partir dos dados analisados, o hipotireoidismo no período gravídico pode trazer serias consequências, desde danos físicos até danos mentais para o binômio. Outrossim, ressalta-se também a importância do pré-natal criterioso para que assim os riscos sejam menores. Desse modo, faz-se necessário que os profissionais sejam mais criteriosos e investiguem a história clínica das gestantes para que os graves sintomas tenham baixa incidência, além de avaliar a gestante como um todo; os medos, receios, angustias e tristezas que sejam desenvolvidas devido à preocupação com a doença e os danos que podem ser gerados para o bebê.


Palavras-chave


Complicações; Gravidez de alto risco; Hipotireoidismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/acd.v24i3.89799