Open Journal Systems

ESCOLHA ALIMENTAR DE UNIVERSITÁRIOS DE UMA UNIVERSIDADE DO PARANÁ

Karine Aparecida LIMA, Kélin SCHWARZ, Bruna MENEGASSI, Tatiane Winkler Marques MACHADO, Paula Chuproski SALDAN

Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar a escolha alimentar de usuários universitários beneficiados com o auxílio alimentação. Foi realizado um estudo transversal em uma Unidade Produtora de Refeição de um restaurante universitário da cidade de Guarapuava-PR, com 175 participantes. Foi avaliado o Índice de Massa Corporal (IMC) auto referido e a avaliação da escolha alimentar deu-se por meio de um cartão e do registro fotográfico dos pratos, para verificar a presença dos grupos de alimentos no almoço de cinco dias. De acordo com o IMC, a maior parte dos participantes encontrava-se em estado de eutrofia. Em relação a escolha alimentar, 96,5% (n=169) dos participantes escolheram alimentos do grupo dos cereais, raízes e tubérculos nos cinco dias avaliados, 60,5% (n=106) escolheram alimentos do grupo das leguminosas (feijão) todos os dias da semana e 27,4% (n=48) dos  participantes escolheram esse alimento 3 a 4 vezes na semana, já a escolha de alimentos do grupo das hortaliças durante cinco dias da semana foi de 90,2% (n=158), do grupo das carnes 84,5% (n=148) dos participantes escolheram alimentos desse grupo todos os dias da semana e 11,4% (n=20) de 3 a 4 vezes. Em relação ao grupo de doces e açúcares aqui representado pelas sobremesas, 72,5% (n=127) dos participantes não escolheram alimentos desse grupo e 20,5% (n=36) escolheram 1 a 2 vezes na semana. A maioria dos participantes realizam escolhas saudáveis, o que mostra que o auxílio alimentação tem sido um ponto positivo para a alimentação dos comensais beneficiados.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/acd.v20i1.64682