Open Journal Systems

AVANÇOS DO USO DE ENZIMAS NA NUTRIÇÃO DE TILÁPIAS

Veruska Dilyanne Silva GOMES, José Humberto Vilar da SILVA, Cacio Ribeiro CAVALCANTI, José Jordão FILHO, Jorge Luiz dos Santos ALMEIDA, Alda Lúcia de Lima AMÂNCIO, Carmelita Érica Azevedo de LUCENA

Resumo


O gênero tilápia engloba mais de 70 espécies originárias do continente africano, são apreciadas pelo mercado consumidor devido ao sabor suave e aroma agradáveis, e mercado produtor por apresentar rápido crescimento e desenvolvimento em curto período de produção, boa aceitabilidade de ração e boa conversão alimentar, quando alimentadas com dietas que atendam as exigências nutricionais da espécie. Mediante importância da espécie para a aquicultura, a nutrição de tilápias vem avançando. As enzimas digestivas podem ser adicionadas nas formulações de rações para peixes com a finalizada de auxiliar aquelas de produção endógena ou para favorecer a absorção de nutrientes que estavam indisponíveis pela ausência de produção endógena. Com a presente revisão, objetivou-se apresentar os avanços obtidos com a suplementação enzimática na tilapicultura. As enzimas são indis­pensáveis para a realização dos processos metabólicos nos seres vivos, pois catalisam as reações bioquímicas que acontecem no organismo.  A suplementação com enzimas digestivas exógenas em dietas para tilápias melhora os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes, reduz fatores antinutricionis dos alimentos, promove ganhos em crescimento e desempenho corporais e pode promover o aumento da superfície de absorção dos enterócitos, no entanto, para composição centesimal da carcaça os resultados encontrados são escassos e inconclusivos, variando de acordo com a enzima suplementada.

Palavras-chave


Aditivos. Suplementação enzimática. Tilapicultura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/acd.v19i1.57380