Open Journal Systems

PROBIOTICS IN THE TREATMENT OF ATOPIC DERMATITIS AND ACNE

Camyle Zavatto BERBL, Karina Fernandes RUIZ, Luciana Renata Stinghen Garcia SAMPAIO, Clisia Mara CARREIRA, Audrey Alesandra Stinghen Garcia LONNI

Resumo


Atualmente, observa-se um aumento progressivo das afecções cutâneas, como doenças alérgicas, acne, entre outras. Assim, novas alternativas preventivas e de tratamento têm sido buscadas. Neste âmbito, nota-se o crescimento no número de pesquisas que são destinadas a investigar se a suplementação com probióticos seria capaz de reduzir a incidência e a gravidade das atopias clínicas, bem como seus possíveis efeitos como estratégia de tratamento. O termo probiótico tem origem grega e significa “pró-vida”; assim, os probióticos têm sido considerados pela Organização Mundial de Saúde uma terapêutica alternativa mais importante que os antibióticos, uma vez que não induzem resistência. São definidos como microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, podem conferir benefícios à saúde do hospedeiro. Atualmente, os probióticos são comercializados na forma de nutracêuticos, nutricosméticos e de alimentos funcionais. Desta forma, este trabalho tem como objetivo elucidar o conceito dos probióticos, bem como apresentar estudos clínicos que comprovam a eficácia no tratamento de dermatites atópicas e acne.


Palavras-chave


Probióticos; dermatite atópica; acne.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/acd.v17i2.47545