Open Journal Systems

PÃO DE MEL ENRIQUECIDO COM FIBRA ALIMENTAR

Thamy Nakashima Possamai, Nina Waszczynskyj, João Carlos Possamai

Resumo


A importância das fibras alimentares foi reconhecida na década de 1970. Após estudos na África, Dr. Burkitt observou que o consumo de fibras prevenia diversas doenças comuns nas populações dos países ocidentais desenvolvidos acostumados a alimentos pobres em fibras. O objetivo desta pesquisa foi investigar a aplicação de farelo de trigo, farinha de linhaça, aveia em flocos finos e farinha de soja adicionadas à farinha de trigo na elaboração do pão de mel como fontes de fibra alimentar. Elaborou-se o pão de mel com diferentes tipos de fibra alimentar em um nível de substituição de 20% de farinha de trigo por fibra alimentar. Estes produtos foram testados sensorialmente. Nos selecionados aplicou-se análises físico-químicas e microbiológicas segundo a metodologia da AOAC (2000). A linhaça e o farelo de trigo foram preferidos em relação às outras fibras testadas. A análise química comprovou o potencial do farelo de trigo e da linhaça no enriquecimento do pão de mel com fibra alimentar tornando um produto com alto teor de fibras. O pão de mel enriquecido com farelo de trigo apresentou 6,04% de fibra alimentar e com linhaça, 8,23%; ambos em base seca.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/acd.v10i1.21318