PREVALÊNCIA DE HEMATÚRIA ENZOÓTICA BOVINA NOS MUNICÍPIOS DE ADRIANÓPOLIS, PR E RIBEIRA, SP - BRASIL

Renan Bonrruque Groxco, Juliana Sperotto Brum, Carolina Dutra Minozzo, João Henrique Perotta, Elizabeth Moreira dos Santos Schmidt, Ivan Roque Barros Filho

Resumo


A ingestão de Pteridium arachnoideum é responsável por intoxicação em diversas espécies animais, inclusive no ser humano, mas suas consequências são mais notáveis em bovinos que dependendo da dose diária ingerida e o período de consumo podem originar três doenças: hematúria enzoótica bovina (HEB), carcinoma das vias digestivas superiores e a diátese hemorrágica. Essas enfermidades provocam consideráveis prejuízos econômicos à pecuária leiteira e de corte. Com este trabalho objetivou-se determinar a prevalência da HEB nos municípios de Adrianópolis, PR e Ribeira, SP, na região do Vale do Ribeira. Foram avaliadas dezenove pequenas propriedades rurais. Os criadores e/ou funcionários responsáveis pelos animais foram entrevistados, obtendo-se informações sobre as características das propriedades, sanidade dos bovinos e o histórico de enfermidades relacionadas com intoxicação crônica e aguda por P. arachnoideum na região. A partir dos dados obtidos, as propriedades da região foram caracterizadas e foi calculada a prevalência da HEB na região. Onze propriedades eram destinadas exclusivamente para criação de bovinos de corte, três se dedicavam a produção leiteira e cinco produziam tanto carne como leite. Apenas dois entrevistados relataram a ausência de samambaia em suas pastagens. Nove (47,3%) propriedades apresentaram bovinos com algum grau hematúria no dia da aplicação do questionário, e em treze (68,4%) ocorreram episódios de hematúria durante o ano anterior à visita. Dezoito dos dezenove criadores relataram casos de hematúria em seus animais em algum momento de sua atividade produtiva. Vinte e cinco (1,2%) dos mil novecentos oitenta e oito animais presentes nas dezenove propriedades apresentavam hematúria macroscópica na data de realização dos questionários. A intoxicação por P. arachnoideum continua a causar prejuízos econômicos na região do Vale do Ribeira.


Palavras-chave


bovinos; intoxicação; Pteridium arachnoideum; samambaia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v22i4.56895

Archives of Veterinary Science. ISSN: 1517-784X