TÉCNICA PARA MENSURAÇÃO OVARIANA POR VIDEOLAPAROSCOPIA EM AVES – MODELO EXPERIMENTAL – CODORNA-JAPONESA (Coturnix coturnix japonica)

Marcia Helena Martins de Albuquerque, Rogerio Luizari Guedes, Peterson Triches Dornbusch, Marina Stival Andrade, Paula Beatriz Mangini, Barbara Weiss Stadler, Anna Julia Zilli Lech, Rogerio Ribas Lange

Resumo


RESUMO A redução do tamanho e da vascularização do aparelho reprodutor feminino pode auxiliar no tratamento de aves de estimação que sofrem com postura crônica e outras complicações reprodutivas e facilitar a salpingohisterectomia. Usando como modelo a codorna-japonesa (Coturnix coturnix japonica), os objetivos do presente estudo foram a obtenção de um método eficaz para realizar a mensuração ovariana por videolaparoscopia de aves em postura e avaliar qual a redução proporcionada pela restrição luminosa por um período 24 dias. Foram realizadas videolaparoscopias em 18 codornas para a mensuração ovariana por meio das imagens obtidas utilizando uma régua milimétrica especialmente confeccionada e o software ImageJ. Após, receberem oito horas diárias de luz durante 24 dias, as aves foram submetidas à eutanásia e necropsia para nova mensuração ovariana. Dezesseis codornas apresentaram folículos ovarianos excedendo o campo visual do endoscópio. A régua milimétrica e o software ImageJ foram considerados eficazes para realizar a mensuração ovariana por videolaparoscopia quando os ovários não excedem o tamanho do campo visual, porém a técnica não é indicada para a mensuração de estruturas grandes como o ovário com pleno desenvolvimento folicular. Para utilizar a técnica descrita, é necessário desenvolver um acesso cirúrgico que permita a visualização do ovário em um único campo visual em todas as fases reprodutivas.


Palavras-chave


AVE; FOTOPERÍODO; GÔNADA; OVÁRIO; VIDEOCIRURGIA

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v22i4.56889

Archives of Veterinary Science. ISSN: 1517-784X