UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE DE ANÁLISE DE IMAGENS PARA ESTUDOS DE MORFOMETRIA TESTICULAR E ESPERMATOGÊNESE

Antonio Augusto Nascimento Machado Júnior, Marcela Ribeiro Santiago, Elizângela Soares de Menezes, Layanne de Macêdo Praça, Morgana Santos Araújo, Maria Acelina Martins de Carvalho

Resumo


Objetivou-se avaliar a utilização do software Leica Qwin D1000, versão 4.1 para estudo de morfometria testicular e espermatogênese. Utilizou-se, quatro galos (Gallus gallus domesticus), machos adultos, entre 6 meses e 1 ano criados extensivamente. Após a obtenção do Índice Gonadossomático, os fragmentos de testículos foram processados para microscopia de luz e posteriormente realizou-se a morfometria testicular, onde, empregaram-se duas técnicas: uma convencional, em que o diâmetro dos túbulos seminíferos (DT) e altura do epitélio seminífero (AE) foram mensurados a partir de secções transversais de túbulos com contorno o mais circular possível, no mesmo estádio do ciclo do epitélio seminífero, com o auxílio de uma ocular micrométrica de 10x acoplada à objetiva de 40x; e uma técnica alternativa, com a utilização do software para análise de imagens, realizando mensurações sob as mesmas condições da técnica convencional. As imagens foram capturadas na objetiva de 40x e na ocular de 10x, obtendo um aumento de 400x. O diâmetro tubular e o comprimento total dos túbulos seminíferos apresentaram valores semelhantes (p > 0,01) tanto pela técnica convencional quanto pela técnica alternativa. Conclui-se que o software Leica Qwin D1000 apresenta confiabilidade para ser utilizado em pesquisas envolvendo avaliação histológica de testículos.


Palavras-chave


Gallus gallus domesticus; testículo; epitélio seminífero

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v22i2.40596

Archives of Veterinary Science. ISSN: 1517-784X