MY FOOLISH HEART ESTÁ PARTIDO: ACOMODANDO EXPRESSÕES METAFÓRICAS CONVENCIONAIS COM AS PALAVRAS HEART E CORAÇÃO EM CANÇÕES COUNTRY E SERTANEJAS

Thaísa de Andrade Jamoussi, Thaísa de Andrade Jamoussi

Resumo


Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa sobre expressões metafóricas convencionais em canções sertanejas em português brasileiro e country no inglês americano. O objetivo principal era verificar a ocorrência de expressões metafóricas convencionais com a palavra coração no português brasileiro e com a palavra heart no inglês americano e acomodá-las dentro de metáforas conceituais já reveladas, em particular no estudo de Divardin (2000). O corpus da pesquisa incluiu 15 letras de canções sertanejas e 15 letras de canções country selecionadas a partir das palavras coração e heart. O referencial teórico que serviu de suporte para a análise foi a teoria conceitual de Lakoff e Johnson (1980) e do estudo de Divardin (2000). A análise demonstrou que a maioria das expressões metafóricas coletadas foram geradas a partir das metáforas conceituais THE HEART IS THE PERSON e EMOTIONAL DISTRESS IS PAIN INFLICTED TO THE HEART. Estudos desta natureza são importantes, pois demonstram a importância da linguagem para termos acesso às metáforas conceituais que nos ajudam a revelar o modo através do qual percebemos e entendemos o mundo a nossa volta. As metáforas, anteriormente vistas meramente como um artifício literário, ganham o status de uma importante ferramenta para acessarmos nosso sistema conceitual.

PALAVRAS-CHAVE: Metáforas conceituais. Heart/Coração. Canções country. Canções sertanejas.


Palavras-chave


Metáforas conceituais. Heart/Coração. Canções country. Canções sertanejas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v2i1.47985

Revista X. ISSN: 1980-0614