ANÁLISE DO BALANÇO HÍDRICO CLIMATOLÓGICO DO SISTEMA AQUÍFERO GUARANI, EM SUA ÁREA DE AFLORAMENTOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

Maurício Moreira Santos, Maria Rita Caetano Chang, Chang Hung Kiang

Resumo


A pluviosidade e a temperatura do ar representam atributos fundamentais na análise dos climas tropicais, refletindo a atuação das principais correntes de circulação atmosférica e fornecendo subsídios essenciais para a avaliação do balanço hídrico regional. A partir da análise de dados de precipitação e temperatura disponíveis na área de afloramento do Sistema Aquífero Guarani (SAG) no estado de São Paulo, procedeu-se à determinação do balanço hídrico regional e ao cálculo da recarga direta por precipitação. Os dados pluviométricos e de temperatura utilizados pertencem à série histórica de 1982 a 1995, obtidos junto ao Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE). Constatou-se que as taxas pluviométricas na área de afloramento das formações geológicas constituintes do SAG são da ordem de 1400 mm/ano a 1600 mm/ano, com média para o período levantado de 1570 mm/ano, sendo o excedente hídrico estimado em um volume total médio de 604 mm/ano, possibilitando o cálculo da reserva ativa do SAG em aproximadamente 4,4 x 108 m3/ano.

Palavras-chave


Balanço Hídrico; Sistema Aquífero Guarani; Recarga de Aquífero; Reserva Ativa

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v10i1.30596

INDEXADORES: