GEOGRAFIA NA PRÉ-ESCOLA - DESAFIOS DE UMA ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA - GEOGRAPHY IN KINDERGARTEN - CHALLENGES OF A CARTOGRAPHIC ALPHABETIZATION

Franciele Pedroso Silva, Eliza Dias, Roberto Verdum

Resumo


Mapas são ferramentas fundamentais para o ensino de Geografia, tanto sendo instrumentos de orientação e localização do público em geral como fundamentais na representação de temas e definição de estratégias locacionais. Assim perceber os elementos que estão representados nos mapas é substancial para a leitura e interpretação dos espaços geográficos. Neste sentido, a alfabetização cartográfica deve iniciar desde a pré-escola, para a construção da evolução das noções de espaço geográfico. Em seguida, deve-se dar continuidade nas séries iniciais, assim, após essas etapas concluídas, os alunos estarão aptos a ler, interpretar, questionar e produzir mapas. Ou seja, deve-se instrumentalizar os cidadãos a ler e se reconhecer no espaço geográfico através dos mapas, como essência da sua existência social.  No presente artigo expomos o trabalho realizado  com alunos de pré-escola, na Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima, em Porto Alegre/RS,  cujo principal objetivo foi desenvolver as noções de alfabetização cartográfica, a partir do (re) conhecimento do lugar onde moram. O trabalho foi concebido através de oficinas divididas em cinco etapas, sendo elas: 1. O caminho; 2. O glossário e as imagens; 3. O dado; 4. Onde estou?; 5. Onde fica a minha casa? O desenvolvimento das oficinas se deu em conjunto com os referenciais teórico-metodológicos da Pedagogia, onde na prática escolar com os alunos foram utilizados  os elementos do cotidiano deles para a alfabetização escrita, concomitante à cartográfica.

ABSTRACT

Maps are fundamental tools for the teaching of Geography, to acknowledge the elements represented on the maps are substantial to the reading and interpretation of spaces. Cartographic alphabetization should begin at kindergarten, for the construction of evolution of spatial impressions, therefore, should continue the effort on initial grades, and, after these steps are concluded, students while be capable of reading,  interpreting, questioning and making maps. It must equip citizens to read and recognize the geographical space through maps, as the essence of their social existence. In the present article, we work with kindergarten students, in the Elementary School Nossa Senhora de Fátima, in Porto Alegre/RS, which the main purpose was developing the ideas of cartographic alphabetization from recognizing the place where they live. These workshops were developed together with Pedagogy that resort to everyday elements of students to the written and cartographic alphabetization.


Palavras-chave


mapa; aprendizado escolar; leitura do espaço geográfico; estratégia locacional; Map; School Learning; Reading the Geographic Space; Locational Strategy.

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO

Referências


BECKER, Fernando. A epistemologia do Professor – O cotidiano da escola. Petrópolis: Vozes. 12. Ed. 1993.

CALLAI, Helena Callai. O ensino de geografia: recortes espaciais para análise. In: CALLAI, Helena Callai; SCHÄFFER, N. O. KAERCHER, N. A. (Org.) Geografia em sala de aula: práticas e reflexões. Porto Alegre: Editora da UFRGS/AGB-Seção, 1998.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; COSTELLA, Roselane Zordan. Brincar e cartografar com os diferentes mundos geográficos: a alfabetização espacial. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006.

CAVALCANTI, Lana de Souza. Geografia e práticas de ensino. Goiânia: Editora Alternativa, 2002.

COSTELLA, Roselane Zordan; SANTOS, Leonardo Pinto dos. A construção do conhecimento em Jean Piaget e os mapas mentais: a leitura de alunos em diferentes realidades. Teresina: Revista Faculdade Santo Agostinho, vol. 10, n. 3, jul./set., 2013.

DA SILVA, Franciele; VERDUM, Roberto. Geografia na Pré-escola - Desafios de uma Alfabetização Cartográfica. Porto Alegre: Feira de Ensino e Popularização da Ciência da UFRGS. Resumo. Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/134506

DE SOUZA, Kênia Bomtempo. Piaget e a construção de conceitos geométricos. Revista Temporis [ação], v. 1, n. 9, 2007.

MONTOITO, Rafael; LEIVAS, José Carlos Pinto. A representação do espaço na criança, segundo Piaget: Os processos mentais que a conduzem à formação da noção do espaço Euclidiano. Revista VIDYA, v. 32, n. 2, p.21-35, jul./dez., 2012 - Santa Maria, 2012.

PAGANELLI, Tomoko Iyda; ANTUNES, Aracy do Rego; SOIHET, Rache. A noção de espaço e de tempo – o mapa e o gráfico. In: Revista Orientação, n. 6. Instituto de Geografia. São Paulo: USP, 1985.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v39i0.45410

Direitos autorais 2017 Raega - O Espaço Geográfico em Análise

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009