VULNERABILIDADE AOS PROCESSOS EROSIVOS NO LITORAL DO PARANÁ ESTABELECIDO PELA APLICAÇÃO DA ANÁLISE MULTICRITÉRIOS

Lígia Padilha Novak, Marcelo Renato Lamour, Pâmela Emanuelly Cattani

Resumo


A linha de costa do Paraná, além das interferências naturais, tem sido submetida a intensas modificações antrópicas pela ocupação da orla. Com isso, processos como a erosão costeira passam a ser vistos como um fator de risco. Baseado nestas afirmações este trabalho objetivou o mapeamento da vulnerabilidade a processos erosivos na costa do município de Matinhos, evidenciando áreas críticas ou mesmo em estágio avançado de erosão. Para isso foram identificados indícios de erosão na linha de costa como feições morfológicas com potencial de agravamento de processos erosivos, sangradouros (antrópicos e naturais), obras de proteção costeira e largura do pós-praia. A metodologia utilizada classificou os trechos norte e central do município de Matinhos como menos vulneráveis à erosão. A maior vulnerabilidade foi encontrada nos Balneários Caiobá, Riviera e Flamingo, justamente onde ocorreram as obras de proteção costeira e onde a urbanização apresentou-se mais consolidada. Esta pesquisa gerou resultados importantes que poderão ser incorporados nas políticas públicas da zona costeira, apresentando uma metodologia prática com a aplicação de indicadores e uma ferramenta de análise espacial que contribui para estudos de vulnerabilidade à erosão costeira.


Palavras-chave


ocupação antrópica; transporte sedimentar; análise espacial

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v38i0.42955

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009