Mineração, impactos locais e os desafios da diversificação: revisitando Itabira

Carolina Lucinda Guimarães, Bruno Milanez

Resumo


Neste texto, argumenta-se que, no contexto brasileiro, a mineração de grande escala gera significativos impactos ambientais e consideráveis desafios à dinamização da economia local. Este argumento, é apresentado a partir de estudo de caso em Itabira (MG); a pesquisa identifica sérios problemas ambientais e sociais na cidade, além de dificuldades estruturais da promoção de políticas de diversificação econômica e de superação da dependência da atividade de extração mineral. A pesquisa foi realizada a partir de levantamento bibliográfico e entrevistas semi-estruturadas com informantes-chave. Ela trata da história de Itabira, a instalação da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), assim como aspectos sociais e econômicos do desenvolvimento local. O estudo sugere que existem questões econômicas, inerentes ao setor extrativista, que limitam o surgimento e consolidação de outros setores. Assim, entender em maior profundidade a dinâmica econômica de cidades do Quadrilátero Ferrífero torna-se imperativo para debater a superação do modelo baseado em extração mineral na região.


Palavras-chave


mineração; desenvolvimento local, diversificação econômica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v41i0.49360

Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109
 
Flag Counter