AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO DO LENHO DE Araucaria angustifolia NO PLANALTO NORTE DE SANTA CATARINA

Joanna Rebelo de Oliveira, Eduardo Adenesky Filho, Karin Esemann de Quadros

Resumo


O presente trabalho apresenta resultados sobre a análise do crescimento de Araucaria angustifolia (Bertol.) O.Kuntze (Araucariaceae) no planalto norte de Santa Catarina, relativos à estimativa da idade, incremento do lenho, cronologias e correlações com temperatura e precipitação. Foram coletadas amostras de madeira de 74 árvores de duas áreas, uma em São Bento do Sul (SB) e outra em Campo Alegre (CA), com auxílio de trado de incremento de 5 mm de diâmetro, que foram secas ao ar livre e polidas. As camadas de crescimento foram contadas e mensuradas no Image ProPlus, codatados com o auxílio do software COFECHA e as séries temporais foram utilizadas para produzir cronologias no software ARSTAN. A idade das árvores variou de (19) 38 (65) anos em SB e de (34) 62 (123) anos, em CA. O incremento médio foi de (0,03) 3,86 (16,46) mm com desvio padrão de ±2,16 mm em SB e de (0,08) 2,56 (12,79) mm e desvio padrão de ±1,67 mm em CA. A correlação com variáveis meteorológicas indicou que o incremento do lenho de A. angustifolia no planalto norte de Santa Catarina é inversamente proporcional à temperatura média no inverno e primavera do ano corrente, antes e durante a fase de crescimento, e diretamente proporcional à precipitação média no verão anterior à fase de crescimento.


Palavras-chave


Araucariaceae; camadas de crescimento; idade das árvores; incremento do lenho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rf.v47i2.43134

Revista FLORESTA
ISSN Eletrônico 1982-4688
fone: 41 3360 4219
revista.floresta@gmail.com