Les tendances divergentes du bergsonisme de Deleuze

Frédéric Fruteau de Laclos

Resumo


Todo o esforço de Deleuze sempre esteve voltado para a análise da ligação, quali cada como imanência, que une o atual e o virtual através do cristal do tempo. Esse esforço resulta em um pensamento heterogêneo que se faz acompanhar da ventriloquia dos clássicos da história da loso a. As páginas que se seguem procuram apreender certos aspectos do desenvolvimento dessa análise derivados das diversas leituras de Matéria e Memória, feitas por Deleuze, no entrecruzamento com o pensamento de Espinosa, Sartre e Husserl. 


Palavras-chave


Bergson; Deleuze; plano de imanência; Matéria e Memória; Cinema

Texto completo:

PDF (Français (Canada))


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dp.v14i2.57243