Bergson, Janet e Minkowski. Uma Noção Fundamental: “Atenção à Vida”

Simeão Donizeti Sass

Resumo


 

Esta investigação tem como objetivo primeiro circunscrever a influência que as noções bergsonianas de duração e a “atenção à vida” exerceram sobre representantes expressivos do pensamento contemporâneo. Os dois interlocutores são Pierre Janet (1859-1947) e Eugène Minkowski (1864-1909). Tal contraponto tem uma intenção segunda, embora ambos sejam conhecidos por suas atuações no campo da psicopatologia, suas teorias encamparam significativas abordagens de temas filosóficos e bergsonianos. Mostraremos a explícita apropriação e reelaboração de noções comuns ao campo da Filosofia e da Psicologia erigidas por Bergson e que se mostraram fecundas aos dois psicopatólogos. Tal constatação revelará que Bergson também assimilou algumas dessas reelaborações.


Palavras-chave


Duração, vida, psicastenia, negação, delírio, sofrimento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dp.v14i2.49621